Combate à Corrupção

A+ = A-

Combate à Corrupção

Eminente Grão-Mestre Estadual fala sobre apoio a projetos de combate a Corrupção.

 

Meus queridos irmãos

Desde que assumimos o Grão-Mestrado, temos dedicado especial atenção a incentivar a participação dos Maçons de São Paulo na luta contra a corrupção e pela dignidade no exercício do Poder Público.

A corrupção é um mal que corrói a esperança do povo em prosperar. Destrói o futuro de nossas crianças e suas famílias ao subtrair recursos que seriam dedicados à saúde, à educação, ao saneamento, à segurança e a todos os demais serviços necessários à população e que são obrigações do Estado.

Lutar contra a corrupção e com isso construir uma sociedade mais Justa, Fraterna e Igualitária é dever de todos os Maçons. Esta é uma luta que tem que ser travada em todas as frentes possíveis e com o maior número de aliados que consigamos arregimentar.

Dentro desta visão, como Grão-Mestre Estadual do Grande Oriente de São Paulo (GOSP), representando os Maçons de nosso Estado, firma junto ao Procurador-Chefe em Exercício da Procuradoria da República em São Paulo, Dr. Thiago Lacerda Nobre, Carta de Apoio do GOSP à campanha do Ministério Público Federal, denominada: “10 Medidas Contra a Corrupção”.

Esta campanha do MPF consiste em dez projetos de lei, de iniciativa popular, destinados a dar maior celeridade e efetividade às ações cíveis e criminais decorrentes de corrupção e improbidade administrativa, bem como o estabelecimento de medidas preventivas, visando coibir eficientemente a má fé na administração do dinheiro público.

As dez medidas inclusas nesta campanha são melhor detalhadas no site www.dezmedidas.mpf.mp.br e se consubstanciam no seguinte:

  1. Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação;
  2. Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos;
  3. Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores;
  4. Aumento da eficiência e da justiça dos recursos no processo penal;
  5. Celeridade nas ações de improbidade administrativa;
  6. Reforma do sistema de prescrição penal;
  7. Ajustes nas nulidades penais;
  8. Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2;
  9. Prisão preventiva para assegurar a devolução do dinheiro desviado;
  10. Recuperação do lucro derivado do crime.

Meus irmãos, a Maçonaria tem uma longa tradição na luta pelos princípios democráticos e na defesa dos menos favorecidos. Não há momento significativo na história do Brasil em que os Maçons de São Paulo não tenham dado uma contribuição efetiva na luta por estes ideais.

Somos milhares de irmãos, presentes em todos os municípios. Somos referências dentro das comunidades profanas a que pertencemos. Podemos contribuir decisivamente para que esta campanha do Ministério Público Federal tenha sucesso.

Assim sendo, CONCLAMO todos os meus queridos e amados irmãos, de todas as Oficinas Jurisdicionadas ao Grande Oriente de São Paulo (GOSP), a apoiarem e participarem ativamente desta iniciativa, coletando assinaturas de apoio à campanha: “10 Medidas Contra a Corrupção”.

Imprimam o modelo de lista de assinaturas da campanha e peguem, o mais rápido possível, as assinaturas de suas famílias, de seus amigos e conhecidos para após, encaminhá-las ao Grande Oriente de São Paulo – GOSP, à Rua São Joaquim, 457, bairro Liberdade, São Paulo/SP, aos cuidados da Secretaria Estadual de Gabinete, até o dia 30 de Outubro de 2015.

Vamos mostrar o que os Maçons de São Paulo podem fazer quando unidos em torno de um ideal.

Fraternalmente,

Or.’. de São Paulo, 27 de agosto de 2015 (E V)

BENEDITO MARQUES BALLOUK FILHO

Grão-Mestre do GOSP