SEMINÁRIO “33 MEDIDAS PARA UM BRASIL JUSTO E PERFEITO”

A+ = A-

SEMINÁRIO “33 MEDIDAS PARA UM BRASIL JUSTO E PERFEITO”

“NÃO HÁ OBRA QUE SE ERGA SEM QUE, NA ARGAMASSA ESTEJA MISTURADO O SUOR DO PEDREIRO”

A Ordem Maçônica esteve presente em outros momentos fundamentais da história do Brasil, como na Proclamação da República, na Abolição da Escravatura, na redemocratização do País e em outros eventos marcantes, sempre como protagonista na luta pelo progresso e evolução da nossa Pátria. Nos dias atuais, ela luta pela mudança do cenário de crise política e econômica do Brasil, junto com outras organizações da sociedade civil.

Vanguarda Social

O exemplo mais recente dessa atuação é o projeto “33 Medidas para um Brasil Justo e Perfeito”, cuja missão é contribuir para o resgate de uma sociedade mais justa, sustentável e com igualdade de condições de desenvolvimento. O Grão-Mestre Estadual do GOSP ressalta que a ideia é que as 33 Medidas sejam um trabalho conjunto a ser construído, uma Pedra Bruta, como dizem os Maçons. “A Maçonaria de São Paulo age como um catalisador, reunindo Irmãos e cabeças pensantes da sociedade brasileira para unir visões e corações com o objetivo de resgatar valores como civismo e cidadania para um Brasil que vive tempos de imperfeição e injustiça”.

 Presidida pelo Grão- Mestre do GRANDE ORIENTE DE SÃO PAULO – GOSP, KAMEL AREF SAAB.

Tema: Política e Integração com a Sociedade

Horário:  18h00 às 22h00

Data:  30 de julho

Local: Sociedade Brasileira de Eubiose

            Av. Lacerda Franco, 1059 – Aclimação – São Paulo – SP

  • 18h00 às 18h30 – Credenciamento
  • 19h00 – Abertura Eminente Grão-Mestre Irmão Kamel Aref Saab
  • 19h30 – Corrupção, Ética e o futuro do Brasil

Palestrante: Prof. Luiz Flávio Gomes

O Prof. Luiz Flávio Gomes é Jurista e criador do Movimento “Quero um Brasil Ético”.

Diretor-presidente do Instituto de Mediação Luiz Flávio Gomes.

Doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Camplutense de Madrid.

Mestre em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

  • 20h00 – O Caderno de Humboldt: Integração Social, Estética

               Natural e o Paradigma Ambiental

Palestrante: Alberto Vieira da Silva

Alberto Vieira da Silva tem graduação em Gestão de Empresas pelo ISCTE (Lisboa, Portugal), com MBA em Gestão Empresarial pela HSM Educação (São Paulo) e Mestrado em Educação pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Tubarão-SC).

É membro da Sociedade Brasileira de Eubiose desde 1976, onde já desempenhou diversos cargos e funções.

Membro do IVEPESP desde 2017, vem atuando desde 2002 como administrador universitário, coordenador de Planejamento Estratégico, coordenador de projetos estratégicos institucionais, coordenador de Inteligência Competitiva e coordenador na área de Desenvolvimento Institucional na Reitoria da Universidade do Sul de Santa Catarina. Docente nas áreas de Gestão Estratégica e Gestão de Projetos, é autor e pesquisador cadastrado no CNPq, fazendo parte, desde 2005, do grupo de pesquisa em Educação Ambiental do PPGE da UNISUL.

Anteriormente a 2002 fez carreira com base em Portugal, com viagens de trabalho a diversas capitais europeias e Norte de África, principalmente no setor bancário, em consultoria de Gestão, estratégia empresarial, gestão de projetos, capacitação de gestores e desenvolvimento de novos mercados, produtos e serviços.

  • 20h30 – Política e Integração com a Sociedade

Palestrante: Romildo Pinho Campello

Romildo Pinho Campello é Secretário de Cultura do Estado de São Paulo.

Analista de Sistemas. Na vida pública , entre outras atividades, atuou no Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê.

Foi o 1º Secretário do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes e 1º Ouvidor geral de Mogi (Oportunidade em que ganhou o Prêmio Mario Covas por inovação em Gestão Municipal).

Foi Presidente Estadual da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), Secretário Adjunto do Verde e Meio Ambiente da cidade de São Paulo, chefiou o gabinete da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, seguiu como Secretário-Adjunto da Secretaria de Cultura, até assumir o cargo de Secretário da pasta.

  • 21h00 – Perguntas e respostas
  • 21h30 – Encerramento Eminente Kamel.