Luzes 50ªED. Palavra do Grão Mestrado

Leia agora a Palavra do Grão Mestrado na edição 50ª da Revista Luzes.

Publicada por Benedito Marques Ballouk Filho

Publicada em 06/04/2021

Estamos vivendo um momento muito delicado e difícil, várias cidades do Estado de São Paulo estão decretando lockdown, as ruas desertas remetem às cidades fantasmas, e como consequência da pandemia enfrentamos uma série de dificuldades, financeiras e psicológicas, pessoas estão apresentando quadros depressivos, grandes angústias são alimentadas pelo medo do incerto. 

O que nós precisamos fazer agora, é manter a chama da esperança acesa, reunir diariamente o máximo de animo possível. O Grande Oriente de São Paulo, busca incentivar essa atitude através da aproximação, utilizamos plataformas que viabilizam reuniões virtuais para levar palestras aos Irmãos e Lojas. Estamos também, pedindo ajuda à cada Loja, para que propaguem a mensagem de que devemos, mais do que nunca, manter esta chama acesa, este é o grande ponto. 

Muitas de nossas Lojas, estão se reunindo virtualmente, e o que pedimos hoje é que todos se mantenham otimistas, são em situações difíceis, como esta que estamos vivenciando, em que devemos mostrar nosso diferencial: A nossa união e força como Potência. Tenham a certeza de que, iremos superar tudo isso, nós imaginávamos que a vacina resultaria em um ano melhor, que seria possível realizar nossas atividades habituais, no entanto, infelizmente a vacina chegou em uma quantidade muito pequena, mas o que devemos pensar é que ela chegou, agora Irmãos precisamos olhar o copo meio cheio ao invés de meio vazio. 

Sabemos que, com o surgimento de novas cepas há um grande aumento no número de óbitos, no mundo e dentro da Ordem também, mas não podemos deixar-nos abalar, devemos acreditar que dias melhores, com menos dores e sofrimentos, estão por vir, agarrem-se a esta mentalidade com fé, não podemos perdê-la jamais. Gostaríamos de reforçar que, estamos a total disposição de todos os Irmãos e Lojas, várias dificuldades estão surgindo, mas iremos, juntos, superar esses obstáculos. 

Nosso maior desejo no momento é de estar próximos, mesmo em distanciamento, de todos os membros do Grande Oriente de São Paulo, nós nos sensibilizamos com os problemas que estão sendo enfrentados pelas Lojas, e possuímos a certeza de que o nosso maior papel, em meio a essa tempestade, é de proporcionar auxílio e entendimento a todos os queridos membros de nossa Instituição.

 

Leia a edição completa clicando aqui